18 maio 2017

A Erva sagrada Coentro!

A erva sagrada Coentro

Hoje vamos falar sobre uma erva que todos devem conhecer, se não ele então o seu parente que muitos confundem vamos falar sobre o coentro!

O Coentro pertence à família apiaceous, popularmente conhecida como a família da cenoura. Esta família tem muitas outras plantas bem conhecidas, tais como aipo, salsa, cominho e Cenoura. Ao contrário dos membros de sua família, O Coentro pode ser cultivado durante o ano todo e isso faz com que essa erva seja amplamente utilizado em todo o mundo. Seu aroma e sabor único levou 

Coentro para alcançar uma posição de destaque no uso culinário. Além disso o Coentro tem propriedades medicinais, o que lhe torna ainda mais benéfico para à Saúde. Então, Leia mais sobre os 
Benefícios do Coentro Para Saúde.
Apesar de todas as partes da planta serem comestíveis, As folhas e as sementes são usadas de forma mais destacada. As folhas, também conhecido como o Coentro, e as sementes têm nenhuma semelhança com o outro no aroma ou sabor (as folhas), mas ambos tem seus benefícios para a saúde.

Coentro Melhora a Digestão: As Folhas de Coentros ajuda na digestão e evita a flatulência quando tomado com Água Quente. Elas também ajuda a secreção adequada de enzimas e sucos digestivos no estômago e prevenir a anorexia. O Coentro é uma boa fonte de fibra, por isso causa um alivio com problemas gastrointestinais.

Coentro é uma Excelente Fonte de Vitaminas e Minerais: O Coentro é uma grande fonte de vitaminas e minerais essenciais. O coentro é uma boa fonte de Ferro, O Ferro ajuda com os nível de hemoglobina baixo, portanto combate a anemia. Já o Magnésio do Coentro ajuda no bom funcionamento do sistema nervoso e fortalece os ossos. Além disso, O Suco de Coentro é conhecido por ser uma boa fonte de Vitamina A, Vitamina B e Vitamina C.

Coentro é uma Fonte de Anti-oxidante: O Coentro contém anti-oxidantes, eles ajudam a promove uma saúde melhor. Os anti-oxidantes são moléculas que restringem a oxidação de outras moléculas no corpo. Eles ajudam na prevenção de riscos relacionados com o coração. Os anti-oxidantes foram também consideradas úteis na prevenção de doenças neurológicas como a doença de Parkinson e doença de Alzheimer.

Benefícios do Coentro Para Obesos e Diabéticos: Estudos Realizados com o Coentro mostrou-se que 
ele traz maravilhas para pessoas obesas e diabéticas. Isso ajuda na redução de gorduras e, assim, auxilia a Perda de Peso. Quando consumido fresco e cru, Coentro reduz enormemente o nível de açúcar. As Folhas de Coentro também ajudar as pessoas que sofrem de bronquite e asma.

Benefícios do coentro Para Pele: O Coentro é eficaz no alívio de condições dermatológicas. Quando misturado com Açafrão em pó ou em pasta, coentro reduz acne e proporciona proteção contra infecções eczema, secura e fúngicas. Pesquisas têm demonstrado que as Folhas de Coentro têm propriedades anti-bacterianas e anti-inflamatórias, que melhora a saúde da pele e ajuda a combater doenças como conjuntivite.

Tradicionalmente, as Folhas de Coentro tomadas com água têm sido eficazes na redução de calor excessivo do corpo. Eles são também utilizados para o tratamento de quelação, isto é, a remoção de metais pesados como o mercúrio, alumínio e chumbo a partir do corpo.Benefícios da Sementes de coentro Para Saúde: As sementes de Coentro torrado agir como uma especiaria. Elas são uma excelente fonte de colesterol bom (HDL) e diminuir o mau colesterol do corpo, devido à presença de ácido linoleico, ácido ascórbico, ácido esteárico e ácido palmítico. As Sementes de Coentro também suportam boa secreção de hormônios e impedir a desordem menstrual. Para melhores resultados, sementes de Coentros deve ser embebido durante a noite em água e, em seguida, consumida. O óleo extraído de Coentro atua como um excelente anti-séptico e deste modo, é muito útil na cura de úlceras da boca.

OUTROS BENEFÍCIOS DO COENTRO:
O Coentro é eficaz para combate ao frio.
O Coentro é uma excelente fonte de vitamina K e uma boa fonte de potássio e cálcio.
O Coentro impede a contração involuntária dos músculos.
O Coentro ajuda no bom funcionamento do fígado e ajuda a prevenir o câncer e ataques epiléticos.
O coentro (Coriandrum sativum) é bastante utilizado na culinária da região Nordeste do nosso país, como um tempero essencial no preparo de pratos cozidos, apresentando um aroma e sabor mais fortes e acentuados que a salsinha.

Originária do Oriente, esta planta é uma excelente fonte de ferro, magnésio, manganês e fibras dietéticas, sendo utilizado há muitos anos, na forma de chá, como um remédio natural para tratar o estômago e o intestino, auxiliando no controle da flatulência.

O coentro pode ser utilizado por completo: suas folhas são um excelente tempero no preparo dos alimentos; as suas sementes, além de tempero, também podem ser utilizadas como ingrediente de chás medicinais; e raiz também pode ser usada como tempero, no entanto, só é utilizada no sudeste asiático.

As propriedades e os benefícios do chá de coentro
Devido às suas propriedades diurética, adstringente, estimulante e anti-inflamatória, o chá de coentro proporciona diversos benefícios à nossa saúde, dentre os quais podemos destacar os seguintes:

O chá preparado com as folhas secas do coentro proporciona benefícios no tratamento da fadiga e de enxaquecas;

Combate a flatulência, a má digestão, a anorexia nervosa e problemas estomacais;
No uso externo, este chá é utilizado no combate ao reumatismo e nas dores das articulações;

Regula o período menstrual;
Também pode ser utilizado para combater enjoos, vômitos, inapetência digestiva, cólicas e gases intestinais;

Age no controle da diabetes;
As sementes do coentro também são conhecidas por reduzirem o nível de colesterol;

Auxilia nos casos de ansiedade, nervosismo e excesso de apetite;
O óleo feito a partir da semente do coentro atua no combate a dores de cabeça, inchaço, conjuntivite, reumatismo, úlceras na boca e hemorroidas.

Como preparar o chá de coentro?
Ingredientes:
– 1 colher de sopa de coentro;
– ½ litro de água.
Modo de preparo:
Coloque a água em uma panela e leve ao fogo até que levante fervura. Em um recipiente à parte, coloque o fruto do coentro bem levado e derrame a água fervente por cima, tampe o recipiente e aguarde por cerca de 15 minutos. Coe e, se preferir, adoce com mel. Beba o chá sempre após as refeições.

Contraindicações e cuidados
É necessário ter atenção com a quantidade ingerida, pois, quando tomado em excesso, o chá de coentro pode causar lesões renais.

Na época do descobrimento do Brasil, os portugueses conheceram diversas variedades de coentro – que os indígenas chamavam inhambi e o consumiam puro, ao natural, não como tempero, mas como um alimento. Segundo consta, as variedades européias do coentro foram trazidas pelos colonizadores e adaptaram-se perfeitamente ao clima brasileiro, tanto que o coentro se tornou um dos temperos mais populares da nossa culinária, muito utilizado no Norte e Nordeste para temperar pratos à base de peixe. Mas não são apenas os nordestinos que conhecem as virtudes desta erva, prova disso é a famosa “moqueca capixaba”.

A palavra coentro é originária do grego “koris” que significa “cheiro de percevejo” pois, para muitos, as folhas e frutos exalam um odor bem desagradável enquanto a planta não amadurece por completo, lembrando o cheiro daquele inseto.

Para os povos antigos da China e do Egito, a erva tinha poderes mágicos: suas sementes guardavam o “segredo da imortalidade” e, por isso, eram colocadas nos túmulos dos nobres egípcios para ajudar a alma a encontrar seu “caminho eterno”. O outro lado mágico do coentro está ligado ao amor: para os árabes, as sementes possuíam um poderoso efeito afrodisíaco, capaz de despertar violentas paixões. Uma receita de vinho tinto com sementes de coentro chegou a ganhar fama de verdadeira “poção do amor”.

O coentro (Coriandrum sativum) é uma erva utilizada desde tempos remotos. Para se ter uma ideia, a planta é citada no Velho Testamento, pois era usada junto com o vinagre para conservar carnes. Além de condimento, o coentro era utilizado como medicinal – o próprio “pai da medicina”, o grego Hipócrates, deixou registrado seu uso como medicamento, pelas propriedades antiespasmódicas e digestivas.

Na medicina antiga, o coentro era visto de forma muito contraditória: enquanto para uns tratava-se de uma planta muito venenosa, para outros, era um potente remédio capaz de curar males como epilepsia e até acalmar as dores do parto. Alguns afirmavam que o coentro era um poderoso estimulante e afrodisíaco, mas outros defendiam que, na verdade, era um ótimo calmante. Mas uma coisa é certa: esta planta não era nem um pouco ignorada.
Existem registros que comprovam seu uso de formas até difíceis de acreditar. Na Suécia, por exemplo, lá no passado, o coentro era utilizado junto com outros ingredientes na preparação de um impressionante tônico chamado “aqua hiruninum” ou “água de andorinha”. Vejam só que o que compunha este tônico: lírio-do-vale, peônia, baga de sabugueiro, tília, coentro, noz-moscada, cubeba e visgo, tudo destilado junto com 24 filhotes de andorinha vivos! Essa asquerosa mistura também era recomendada como medicamento para combater inflamações da garganta. O costume persistiu até por volta de 1757 quando, finalmente, uma lei oficial do governo sueco eliminou o “medicamento” da farmacopéia.

Cultivo
O coentro é uma planta herbácea da família das Umbelíferas, cuja altura média varia de 25 a 60 cm. As folhas são de cor verde brilhante, alternadas e fendidas nas bordas. Na base da planta, as folhas são muito parecidas com as da salsa e no alto, lembram mais as folhas do funcho. A floração ocorre entre a primavera e o verão, quando surgem as flores pequenas, brancas ou róseas, e delas se formam os frutos redondos, com cerca de 1,5 a 5 mm de diâmetro. A raiz do coentro é cônica, perpendicular, fibrosa e pode ser consumida na alimentação depois de cozida.
Conhecido como um dos melhores do mundo, o fruto do coentro pequeno da Rússia mede apenas 1,5 a 2,5 mm de diâmetro e possui um teor de óleo essencial entre 0,8 a 1%.
A planta se propaga por meio de sementes – plantadas de preferência no final da primavera - ou por divisão de touceiras e, neste caso, pode ser plantado o ano inteiro. Seu cultivo pode ser feito em vasos ou jardineiras, desde recebam sol pleno. A planta produz melhor em solos ricos em matéria orgânica, bem soltos e drenados, não sendo recomendado o plantio em solo muito úmido e ácido. Tolera bem tanto o calor como o frio, bem como curtos períodos de seca – o ideal é regar a planta sempre que o solo se mostrar seco. Embora rústico, o coentro não consegue competir com ervas daninhas, sendo sempre importante eliminá-las para obter sucesso no cultivo.
A colheita pode ser feita cerca de 50 a 60 dias após a semeadura. No caso dos frutos, após colhidos, devem ser colocados para secar ao sol.

Usos e Magia
As partes mais usadas da planta são as folhas, talos e frutos maduros (vulgarmente chamados de sementes). O aroma acentuado e característico do coentro concentra-se em suas folhas verdes e frescas, que devem ser conservadas sob refrigeração para maior durabilidade. À medida que a planta seca, o odor acentuado vai desaparecendo, de forma que folhas e frutos se tornam suavemente perfumados.
O uso do coentro na culinária é bastante difundido. No Brasil, a erva entra no preparo de inúmeros pratos típicos (como a galinha de cabidela), especialmente aqueles à base de peixe. Na França, é usado para acompanhar vegetais brancos, como a couve-flor e o aipo. Na Alemanha, é adicionado na massa de pães e bolos, da mesma forma que o cominho.
A aplicação do coentro na medicina caseira explora bem a essência da planta que concentra diversas substâncias com propriedades estimulantes das funções digestivas, além de diuréticas e antiespasmódicas.
Já o óleo essencial da planta, aquecido levemente, costuma ser usado em massagens nas articulações, com a mesma finalidade.
Na Antigüidade, existia uma receita muito especial, preparada com as sementes ou frutos do coentro: reduzidos a pó, eram misturados com almíscar, açafrão e incenso. O resultado era uma poção considerada muito eficaz nas práticas de magia sexual.
Quanto à “poção do amor”, citada no início deste texto, nada garante que seus efeitos sejam verdadeiros, mas, segundo consta a receita manda aquecer um bom vinho tinto com um punhado de sementes de coentro. Dizem que é tiro e queda... 
*Rose Aielo Blanco é jornalista e editora do site www.jardimdeflores.com.br

Uso magico:
As sementes de coentro são usadas para a cura, especialmente para aliviar dores de cabeça.
Quando coentro é cultivado em um jardim ele irá proteger o jardineiro e todos que residem na casa do jardineiro, segundo a lenda.
Ela está associada com a paz.

O Feng Shui diz que uma cozinha precisa de algo amarelo e uma planta para ter o verde…
Tenha em sua cozinha de bruxa uma mini jardineira ou um vasinho mesmo com coentro plantado.
Vai atrair amor pela magia, agradar as necessidades segundo feng shui e ainda você terá tempero fresco sempre que precisar.

Já o óleo essencial da planta, aquecido levemente, costuma ser usado em massagens nas articulações, com a mesma finalidade.
Na Antiguidade, existia uma receita muito especial, preparada com as sementes ou frutos do coentro: reduzidos a pó, eram misturados com almíscar, açafrão e incenso. O resultado era uma poção considerada muito eficaz nas práticas de magia sexual.
Coloque algumas sementes dentro de uma garrafa de vinho tinto e a noite promete.

Coentro (Coriandrum sativum)
Planeta: Marte
Elemento: Fogo
– Usado em feitiços de amor.

Diferença entre salsa e coentro, é principalmente pelo cheio, para alguns o cheiro da salsa é mais agradável que o do coentro, que parece ter um cheiro mais forte (as vezes ate dos percevejos), outra diferença é as folhas a da salsa são maiores e com menos “cortes” criando um triangulo, enquanto a do coentro é mais arredondada e tem mais “cortes”, apesar de parecer bem simples não é, e muitos confundem, espero que essas dicas ajudem a diferenciar, alguns vão pela raiz (coentro vende com raiz e salsa sem), mas ai fica a seu critério, aqui só decidi citar essa diferença para não fazerem chá de Salsa achando que era coentro.

Espero que tenham gostado de saber mais um pouco sobre essa planta magnifica que é o coentro.
Que sejam prósperos.
Raffi Souza.


Nenhum comentário:

Postar um comentário